terça-feira, 15 de abril de 2008

PRECONCEITO



O pré-conceito de algo é por si só uma atitude estúpida que demonstra a ignorância de quem a carrega.


Desprezar, maldizer ou julgar o que não se conhece (e o que não se faz questão de conhecer) é passar um atestado lavrado em cartório de burrice retrógrada.


A pré-disposição de pré-julgar o que se desconhece muitas vezes vem de uma educação cultural vazia e medíocre que impede que os pensamentos se elevem a um estágio onde pesquisar se torna mais necessário que expressar uma opinião sem base, apenas pelo prazer de dizer o que bem lhe vier à ponta da língua.


Ou mesmo de uma necessidade tacanha e egocêntrica de auto-afirmar o ego abalado e pouco trabalhado que muitos consideram em si mesmos como orgulho e sabedoria, a sabedoria estúpida e rasa de quem não conhece um trabalho, uma obra ou uma pessoa antes de julgar se tal é digno de nota ou não.


Vejo em fóruns de discussões uma presença em massa de criaturas que se consideram pensantes, execrando trabalhos que mal ouviram falar, dando a eles alcunhas preconceituosas numa mistura de despeito e desinteresse em saber antes do que se trata.


Mais uma vez encarando como ‘atitude’ ofender, criticar de maneira mal educada e desarrazoada sem contribuir em nada para melhorar, certamente porque por não conhecer não se sabe exatamente com o que se pode colaborar. É mais fácil maldizer e tentar humilhar através de escrita na web, do que fazer algo realmente construtivo a partir de uma opinião contrária.


Aliás, não tenho nada contra opiniões contrárias, muito pelo contrário, acho-as saudáveis e quando discutidas com educação e bom senso, dão luz a assuntos ricos e proveitosos. O que me dá náusea e repulsa é a ignorância de quem fala sem conhecer, de quem xinga achando que está criticando...


E pior! Acham que ofender é um direito, quando na constituição está claro que a liberdade de expressão é um direito, mas a difamação é um crime.


Claro que não espero que pessoas que mal sabem criticar uma obra que nem mesmo foi divulgada vá entender de leis...


...Seria a mesma coisa que esperar que um burro voe.




28 comentários:

Yuna disse...

Difamação tanto é crime que existe processo por calúnia e difamação não é?
bem... eu costumo ignorar pessoas que fazem esse tipo de crítica... porque acredito que se ela não tem nada pra acrescentar, não vou deixar também que me tire qualquer coisa, e a paciência está incluída nesse meio. Prefiro não perder meu tempo dando atenção a uma pessoa que fez tal comentário somente pra chamar a atenção... ^^ Indiferença ao que nada acrescenta é o melhor caminho na minha opinião, não acho errado criticar uma obra e dar motivos concretos para não gostar de tal coisa... mas dizer por exemplo que "não gosto porque é tosco" tosco em que sentido? o que você considera tosco? não levo em conta pessoas que levam a vida acreitando que a resposta de "por que não?" é "porque não." XD

Kitty disse...

Preconceito "pré-conceito", "Desprezar, maldizer ou julgar o que não se conhece (e o que não se faz questão de conhecer)". Essa palavra ela é bem estranha pra mim, sofro "pré-conceito", mas não no sentido ruim em que costumam empregar, como dito anteriormente "julgar o que não se conhece", sou descendente de japonês, então todos na minha classe me acham inteligente (porque não me conhecem) e por isso se aproximam, mas a verdade é que não sou e quando descobrem se afastam. Vi que apenas me "usariam" se fosse!

AKJaganMaster disse...

o pior é que eu já ví muita gente cofundindo preconceito com racismo xP
...
eu admito que eu tenhu um certo preconceito quanto aos funkeiros, mesmo tendo vários amigos que curtem um funk para valer xP...
Acontece que eu realmente não vejo lado bom no funk ¬¬,e o pior é ainda tem gente que fala que funk eh cultura...
Tem algumas músicas desse gênero que realmente são até legaizinhos, mas nada para se ouvir de manhã a caminho do trabalho ou do colégio (o pior é que eu vejo disso...)
e sinceramente não suporto mulheres sacudindo a bagagem traseira (zuando xP) dizendo que está dançando... o homem que vê isso sópode estar pensando em 1 coisa (Deus sabe oq é...)
Já ví mulher sacudindo a bunda na frente de criançichas (e a reação delas foi ainda menos esperada... elas estavam fazendo algum tipo de "dança do creu" o.O)
Enfim... o Funk só costuma me afastar dos meus amigos na hora deles irem para o baile xP
Flws

Anônimo disse...

mensagem pro Briggs, q teve morte de grande parte de sua essência decretada, depois q se "casou" contigo, fran... se tu não és feliz por alguma razão, não torne outros infelizes...

BRIGGS, q parada é essa da tua mulher mandar na tua vida? Q para é essa dela ficar de ciuminhos babaca e castrar tua via social? Quem ama faz isso? Quem confia faz isso? Olha, me desculpe, mas tu não deverias pagar pela falta de segurança e sociabilidade dela... não se brinca com a vida de outras pessoas com chantagem sentimental e possessividade! Pense muito bem na tua vida, não te tornes prisioneiro do medo, dos sentimentos negativos... felicidade não é isso. A Fran precisa crescer muito interiormente, a vida não é um "RPG", e tu não és um "action figure" para ser colocado numa vitrine. Beeeeeijos e se cuida, te amamos muito!

Guilherme Briggs disse...

Oi, Fran, já recebi e li a mensagem do "Anônimo". Quando eu chegar em casa hoje, vou escrever imediatamente uma resposta. É impressionante a covardia, a ousadia e a falta de educação das pessoas na internet, se usando de avatares e nicknames pra escrever essas barbaridades. Eu não vou admitir e permitir que essa falta de respeito aconteça, você é a última pessoa do mundo que merece esse tipo de indelicadeza atroz e desumana.

Um beijo...

Eu te amo...

Guilherme

Guilherme Briggs disse...

E senhor ou senhora "Anônimo", peço que SE IDENTIFIQUE NA PRÓXIMA VEZ que for postar uma mensagem aqui neste blog ou enviar algum e-mail.

Eu realmente gostaria de saber quem você é.

Fran Briggs disse...

Anonimo... antes de mais nada, coloca seu nome, pq atacar assim atrás do muro é mto fácil, né? ^^

Depois, esse assunto não tem nada a ver com meu post, espere pra dizer isso num post conveniente, oka? ^^ Seja um bom menino/a. ^^

Terceiro, vou redirecionar seu comentário para o próprio Briggs te responder pra dizer o que ele acha desse seu parecer sobre nossa vida.

No mais, espero ter ajudado e calma aí com todo esse rancor, faz mal pro seu coraçãozinho tão grande e cheio de amor. ^^/

Peace and love! : )

Junior disse...

Sem comentarios essa pessoa que se diz anonima primeiro que deve ser um recalcada da vida com uma baita crise de (EMO) e outra para de ser intrometida e vai procurar um emprgo algo para se fazer e deixa a vida dos outros em paz minha filha me adiciona no seu msn ae assassingt@hotmail.com
~
QUe eu converso com vc rapidinho.
é bom vc ter um bom firewall hein .

dandansama disse...

Fran... libera o Guilherme pro anônimo tadinho. Ele tá carente :C

Guilherme Briggs disse...

Eu e minha esposa Fran recebemos uma mensagem em nossos blogs (o dela é o Joly Rouge) que nos deixou muito incomodados e indignados. Meu blog não combina nem um pouco com esse tipo de energia ou de post atípico, mas acho necessário e urgente tornar público o problema que tivemos com essa mensagem anônima covarde, para que sirva de exemplo e que não se repita nunca mais, tamanho asco e repulsa que tivemos ao ler tantas mentiras, invenções e insinuações, beirando o absurdo de tão surreais que são.

Vamos ao texto:

“Mensagem pro Briggs, q teve morte de grande parte de sua essência decretada, depois q se "casou" contigo, fran... se tu não és feliz por alguma razão, não torne outros infelizes... BRIGGS, q parada é essa da tua mulher mandar na tua vida? Q para é essa dela ficar de ciuminhos babaca e castrar tua via social? Quem ama faz isso? Quem confia faz isso? Olha, me desculpe, mas tu não deverias pagar pela falta de segurança e sociabilidade dela... não se brinca com a vida de outras pessoas com chantagem sentimental e possessividade! Pense muito bem na tua vida, não te tornes prisioneiro do medo, dos sentimentos negativos... felicidade não é isso. A Fran precisa crescer muito interiormente, a vida não é um "RPG", e tu não és um "action figure" para ser colocado numa vitrine. Beeeeeijos e se cuida, te amamos muito!”

Eu considero minha querida esposa Fran a pessoa que mais amo na minha vida, além de ser minha melhor amiga e companheira de todas as horas. A ela devo profunda gratidão e respeito por sua paciência, misericórdia, humildade, abnegação, entrega e devoção, enfrentando todos os problemas, por mais terríveis que fossem, com uma força que me impressiona e me inspira a me aprimorar e corrigir meus próprios erros. Fran é a mulher mais bondosa que conheci em minha vida. Ela me ajuda, me ampara, me entende, me completa e me realiza em todas os aspectos, o que agradeço a Deus do fundo do coração.

Nós sempre tivemos problemas com o lado sombrio da fama que meu trabalho como dublador acarreta. A influência negativa de certos “fãs” sempre teve um efeito muito doloroso em nossa relação, com a total falta de respeito que muitos infelizmente tem com ela e comigo, indiretamente. Para vocês terem uma idéia, nós tivemos um fórum (a "Zona do Crepúsculo") que inclusive foi fechado por conta desse problema crônico, de pessoas que confundem liberdade com abuso e que se acham no direito de falar o que pensam sem medir consequências.

Eu limitei minha presença na internet, em eventos e palestras, mantendo interação com o público que curte dublagem somente aqui no meu blog, por conta de cobranças dos fãs que ficavam antes bisbilhotando minha vida pessoal, que eram agressivos e principalmente não sabem separar o Guilherme dublador do Guilherme pessoa comum, simples e cheia de defeitos e limitações. Eu sou uma pessoa muito falha, que erra demais, mas que procura, a cada queda, levantar-se, pedir desculpas a minha esposa, aos amigos e pessoas afetadas pelas minhas falhas. Faço isso com o coração na mão e sigo em frente.

Procuro sempre trabalhar a humildade em mim, para que nunca ache especial o que faço (dublagem) e sim que consiga SER especial para minha amada e querida esposa Fran, que é o que realmente interessa na minha vida.

Claudia disse...

Escuta ô cidadã,

Tu não tem oq fazer, vai procurar algo melhor q fazer do q ficar tirando conclusões equivocadas sobre a vida de pessoas q tu nem conhece! Vc ACHA, q conhece o Guilherme e a Fran pra falar umas babaquices dessas? Pois deixa eu te alertar....vc está redondamente enganada!
Se o Guilherme optou por se casar seja com a Fran ou com qualquer outra pessoa, não é pq ele um coitadinho q está sendo manipulado pela esposa não! Vem pra realidade comigo e repita junto: "As pessoas se casam quando se amam" E "continuam casadas pelo mesmo motivo e tb pq se respeitam!"
O amor não sobrevive sem respeito!
Pra sua surpresa, o Guilherme se casou com a Fran por esse motivo, e foi por esse mesmo motivo q ele optou por deixar de ir em eventos em q os fãs dele, consciente ou inconscientemente esqueciam do fato de q ele é um homem casado, e empurravam sua esposa pra chegar até ele. É por esse e por outros motivos como essa sua linha de pensamento q ele TEM SIM q tomar uma atitude e escolher proteger a vida particular dele!
Os fãs são muito importantes na vida de um profissional na área dele, mas tudo tem um limite! Depois q ele sai do trabalho, ele tem uma vida particular com a família dele, q é com quem ele ri, chora, conta seus problemas e alegrias!
E quem vc acha q é pra questionar isso tudo???

Faz favor, vai ler um livro q vc ganha muito mais e todos nós tb!

Rodrigo disse...

Oi Fran, Oi Guilherme.

É lamentável que ainda exista gente assim, com esse pensamento infantil e babaca. Enfim, é por causa de pseudo-fãs como este que os verdadeiros fãs também são prejudicados. Este infeliz não será o primeiro e, infelizemnte, talvez não será o último a fazer esse infeliz comentário.

Bom, força pra vocês e bola pra frente.

Abraços!

Rodrigo disse...

Infantilidade... vê se cresce, anônimo! Ficar "minando" o relacionamento dos outros só merece desprezo. Vai tentar ser feliz, faz alguma coisa de útil nessa vida!!!
Tudo de mal que você anda fazendo um dia volta, viu?

Daniel Carlos disse...

Oi Fran ^^


Bom não sei se é um preconceito ou alguma incapacidade minha de entender esse padrão!

Mas só uma pergunta...

Que coisa ROSA é essa?!!

HAHAHA, só pentelhando pra variar ^^


Bjos Fran e um abraço pro Gui!

Viviane Smargiassi disse...

Ola Sra. Padrinha.. ops Wanda.. ops Fran... posso te perguntar algo... vc tbem faz dublagem... se sim onde posso ver o seu trabalho... poxa fala pro Guilherme que eu amoooooooooooooooo o Cosmo ele é a minha vida e eu ainda to tentando similar o fim dos padrinhos magicos..


bjos

Deborah disse...

Amei o seu texto Fran!
Agora,em relação ao tal anônimo que te mandou isso,é o mesmo que disse para o Guilherme: palavras assim vêm e vão, mas o que importa é a influência que elas terão sobre vocês.
Como diz no seu texto: "Desprezar, maldizer ou julgar o que não se conhece (e o que não se faz questão de conhecer) é passar um atestado lavrado em cartório de burrice retrógrada."
Sei que é chato,mas não deixe isso atrapalhar vocês,vocês são lindos juntos,cada qual com sua arte! =]~
Beijão!
Atenciosamente
Deborah

AKJaganMaster disse...

Nem tentem porque quem fez isso é covarde mesmo, nunca vai dar as caras.
e de acordo com o texto é mais de 1 pessoa, ou será que este estava se referindo a todos os fãs?
Não importa, isso não é ignoravel porem é superavel, tenho certeza de que o único impacto é que surpreende a quantidade de pessoas que cofundem liberda de expreção com abuso, eu só espero que nenhum de vocês dois se abalem mais a ponto de limitar ainda mais vossa presença na internet.
Sucesso para vocês o/

Thomas disse...

mandei já lá no blog do Briggs...
mas...porque não aqui né?!
Escrevendo com os dedos de uma pessoa, indiferente de vocês (Guilherme e Fran).
Venho aqui com a responsabilidade de um cidadão Brasileiro, que tambem indiferente de vocês, para falar de que há sentimentos e pessoas rancorosas, invejosas, orgulhosas e de pessimo caráter,
A covardia consome a pessoa a tal ponto que faz uma carnificina de sua propria pessoa...
Mas do mesmo jeito que há seus baixos, há seus altos...
Agora eu, indiferente de vcs Atores, Dubladores, PESSOAS, venho com a responsabilidade, e falar de coração...
Que não se importem com as coisas ruins do mundo...
Sim são inevitáveis não percebe-los, mas é possivel ignora-las...
Você é a voz do Brasil Briggs!Não te conheço Fran, mas pela descrição do Guilherme, você deve ser a esposa perfeita...
E a perfeição só é alcançada com algumas pedras no caminho!
Vamos retira-las, e caminharemos pra mais um desafio, sem temor...
Continuem assim...
até mais!

Ass.:Thomas Schulze

Artefatos disse...

Oi,oi,Fran.

Sei que a esta altura vc ja deve ter lido a minha mensagem à vcs dois no blog do Guilherme,mas mesmo assim ,estou aproveitando a oportunidade pra visitar o seu tbm e te desejar força pessoalmente( ou "scrapamente"...^^')


E vou te dizer mais: Fran, que paciência ,hein??
Flar ainda tudo aquilo pro "anÔnimo" com um tom amigável....hehheh...

Mas isso mostra que vcs estao preparados pro que der e vier.E é essa força que desejo sempre pra vcs dois!
Já disse la no blog do seu marido e direi aqui tbm: Precisando,quero que saiba que vcs tem muitos fans,um número bem maior do que os invejosos que "tentam" arruinar a harmonia de vcs.Entao,se precisarem,nao hesitem. ^^

Abraços! \o/

Anônimo disse...

Poxa, eu tava indo procurar uma outra coisa, sobre uma dubladora ((e o pior é que eu não descobri)) e aí eu caí nessa história no Blog do seu marido e depois vim parar aqui. Eu não sabia que isso tinha rendido tanto... Eu acho importante porque as pessoas precisam aprender limites.
Quando eu era mais novinha eu tinha um amigo que cantava e dançava e eu o admirava muito e eu o chamava de irmãozão ((irmãozinho, era como meu gêmeo pq tínhamos a mesma altura)) uma vez ele foi se apresentar num teatro e eu economizei o dinheiro do lanche de várias semanas pra comprar um buquê. Assinei e escrevi e pedi pra entregar. A namorada dele não gostou e foi uma confusão danada. Meio povo disse que ela tava errada porque ele é domínio público, a outra metade disse que ela estava certa porque ele é o namorado dela. Na época eu fiquei tão mal que pedir peso e deixei de ir pro Japão de tanta culpa que eu senti ((!!!)) eles brigaram feio por causa disso.
Hoje eu entendi, por mais nobre que tenha sido minha atitude eu PASSEI DO LIMITE. 'ah mas você fez uma coisa como amiga', é, mas incomodou a NAMORADA DELE. E se incomoda é passar do limite, mesmo ele sendo artista, mesmo ele sendo do mundo. Quando ele optou um relacionamento com ela, eu sendo amiga dele tenho que respeitar o espaço dela. Hoje eu acho que minha atitude foi ruim, porque eu magoei alguém muito importante para uma pessoa que eu gosto. às vezes a gente esquece que NINGUÉM É REALMENTE DONO DE NINGUÉM, nem eu do meu amigo nem a namorada dele. Nem a Fran do Guilherme nem o Guilherme da Fran e nem o Anônimo/a. A gente não é dono das pessoas, as pessoas fazem escolhas e nessas escolhas nós podemos estar incluídos (ou não) e se estamos é porque SOMOS especiais pra essas pessoas.
O que eu quero dizer é que, a senhora Briggs não manda no Guilherme, ela só é a pessoa mais especial para ele hoje. A mulher com quem ele compartilha de todas as idéias e se ele deixa de fazer algo não é porque a esposa MANDA nele, é porque ele e ela, como pessoas especiais um pra o outro, concordam com tal atitude.
E quando você anônimo/a diz que gosta do Guilherme, você realmente acha que magoando alguém que ele ama (sem motivo nenhum pra isso) vai fazer ele ficar bem? Não vai. As escolhas da vida do Guilherme passam pela esposa dele porque é com ela que ele quer passar o resto da vida dele, ela é especial pra ele e só vai ser bom pra ele fazer o que for bom pra os dois. Isso é amor. E amor não envolve posse, envolve união, harmonia e reciprocidade.
Eu peço até desculpas porque eu também sou muito fã do Guilherme e gosto dele como se fosse um tio e às vezes eu gostaria que ele me desse essa atenção... E até extrapolo, mas acho que quando a gente gosta de alguém sempre é tempo de se desculpar e tentar fazer as coisas do jeito mais certo: Não ultrapassando limites!
É legal que você goste do Guilherme, ele merece. Mas não magoe a esposa dele, ela não merece, nem ele. =]
Acho que falei pra caramba...
Espero ter me expressado corretamente ((ai eu falei que nunca mais ia fica me metendo na vida dos outros... >.<))
E dona Tia Fran, em nome dos fãs do Tio Gui, eu agradeço por você tomar conta dele! Alimenta ele direito pra ele ficar forte e saudável! E continuar dublando tããão bem!
Ah é e não se incomode com essas coisas, sei que machuca muito ser ofendido, mas o que importa é que quando machucada, o homem que você ama e que te ama, jamais saiu do seu lado. Isso fortalece, viu?
Abraços!
Ps: Tio Gui, você desculpa eu ter te chateado? Não me põe de castigo =]

MM4C disse...

como grande apreciador do trabalho do Sr seu marido fiquei muito triste pelo ocorrido.

infelizmente é cada vez mais comum pessoas como essa, q crêem que suas opiniões são verdades absolutas..

não deixem que bastardos deprimam vcs...

[]´s

Daniel Buganza disse...

Hã galera

Já foi, a pessoa provou ser um "ass hole" e só se ferrou na história.

Enton, vamos focar em outra coisa e parar de dar ibope pra quem não merece ^^

Afinal, qto mais tocado é esse assunto, mas revolta ele gera, enton "deixemos pra lá".


Abcs,

Anônimo disse...

Façamos o seguinte... faz de conta que NADA jamais aconteceu, que tudo são flores, e que nada foi dito. MAS... se algo incomoda muito, se algo fere, é porque tem algo por trás das ditas "mentiras"... talvez não sejam mentiras, e sim, "exageros", não importa, a não ser fato de que possivelmente todo esse mal estar, e vontade de mostrar que está tudo bem, mascare acontecimentos piores do que os que foram aqui descritos anteriormente. Triste, mas quem disse que a vida se resume a... um mundo cor de rosa? Ah! Claro, talvez quem escreveu essas coisas, seja fã, ou seja apaixonada(o) pelo Briggs, ou morra de inveja da fran, quem sabe... Briggs, aparece, não some! fran, deixa ele sair da gaiola! rss

Fran Briggs disse...

Ok Anonimo 2 o retorno agora é pessoal (XD), já que vc quer fazer de conta que há algo 'de muito podre no reino da Dinamarca', vamos jogar seu joguinho e fazer uma criança feliz.

Não tiro o Gui da gaiola não *mostra lingua XP* o marido é meu e faço o que quiser com ele, quando tiver o seu, você faz o que quiser com o seu tb, tá?

*Coloca mais um cadeado na gaiolinha do Gui, guarda a chave no bolso e vai pintar as paredes do quarto de rosa*

Weeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee! ~~~/o/

XD

rodrigo disse...

Não gostei do comentário de Anônimo 2. Está me parecendo muito que é o Anônimo 1 novamente ou um amigo dele(a) ou Priscila (que postou no blog de Guilherme).
Como teve a cara-de-pau de depois de tudo o que foi dito ainda vir novamente como Anônimo e atacar de novo? Veio dizer o mesmo que Priscila: que se não houvesse nada, a pessoa não se teria motivos pra se incomodar.
Quero dizer-lhe, Anônima (supondo que é uma mulher), que você não tem razão. Você está insistindo nisso por ser cabeça-dura, mas observe a situação: suponha que você é acusada em público, por exemplo, de ser prostituta. Isso não é verdade, mas você vai ficar calada? Não vai se irritar com quem inventou isso sem motivos ou provas? Não vai se sentir mal por alguém ter feito talvez outros ficarem com uma má impressão a seu respeito, baseados numa inverdade? Não vai exigir explicações ou, pelo menos, pedir que não repita uma acusação infundada como essa?
É a mesma coisa. Se Guilherme decidiu, em respeito à esposa, limitar seu encontro com o público, daí chega alguém e acusa que foi Fran que exigiu que ele o fizesse, não é preciso que isso seja verdade para que a pessoa ache isso ruim. Tanto Fran quanto Guilherme não gostaram de alguém ter espalhado uma mentira sobre eles. Como eles iriam simplesmente ignorar isso? Não faz sentido.

Você pode não entender isso, mas Guilherme Briggs e Fran são casados porque se amam, então cada um não pensa só por si, mas por ambos. Uma coisa só fará um feliz se não machucar o outro. E, por incrível que pareça, isso não é uma prisão. Pelo contrário. A pessoa se sente melhor assim do que vivendo apenas para si mesmo. Mas imagino que você ainda não é capaz de entender isso, tendo uma mente tão limitada.

Fran, parabéns por ser quem é. E parabéns pelo seu marido. Vocês são ótimos. :)

Forte abraço pros dois.

Hak_Foo

Guilherme Briggs disse...

Façamos o seguinte, “Anônimo”, ou revele logo seu nome, fala objetivamente e sem calúnias o que deseja, exponha as suas intenções reais por trás desses ataques, ou então vá arrumar alguma coisa mais útil ou edificante pra fazer da sua vida vazia.

Te proponho isso, escrever pra mim revelando quem você é.

Anote meu e-mail: gbriggs@globo.com.

Quero ver se tem essa coragem toda que está demonstrando atrás do monitor de computador. Está lançado o desafio, estou aguardando sua comunicação.

Agora, se vai continuar na covardia, no ataque viperino e rasteiro, problema de caráter exclusivamente seu, não nos envolva em seus conflitos psicológicos e/ou patológicos. Querer fazer laboratório de especulações no blog da Fran ou no meu blog, definitivamente não vai funcionar. Eu amo a minha esposa e vou defendê-la até o fim, fique avisado desde já.

Daniel Buganza disse...

Nhá, esse anônimo é muito sem graça e previsível!

Só pq tinha um recado pra parar de dar ibope pra essa coitada (sim to assumindo q é uma mulher), ela resolveu deixar outro, retomando o processo, já finalizado!

Previsível, pq deixou um outro recado qd estava prestes a ser ignorada e sem graça pelas razões abaixo!

Vc realmente não se sente humilhada? Todas essas mensagens são direcionadas à vc!

Mesmo não sabendo quem é vc, e realmente não me importa, já que sua existência não me afeta em nada. Realmente não te incomoda ser “exposta” dessa forma tão baixa?!

Das duas, uma: ou vc não tem amor próprio, ou gosta de ser humilhada e pisada.

Bom independente de qual for, uma mulher com uma dessas características, não está à altura de ser esposa do Guilherme!

Logo vc é uma pessoa sem graça alguma!

Por isso que ele escolheu a Fran, que é uma grande (interiormente falando) e inteligente mulher!

Mas, como eu fiquei sensibilizado com a sua situação desesperadora, vou transmitir um resumo dq acontece em seu mundo interior, pra vc se entender e conseguir seguir em frente.

Vc ofende o Guilherme e ataca a Fran, desrespeitando aos dois. Vc ataca a Fran, pq tem raiva dela, afinal ela conseguiu o Gui!

Mas ao mesmo tempo vc gosta e detesta o Gui, pq ele está com a Fran e não vc! Logo vc não ta preocupada com o Gui, vc quer ferir aos dois!

Encare os fatos, o Gui foi feito pra Fran e vice-versa!

Então, siga em frente e se torne uma pessoa melhor, ou ao menos, se envergonhe por ter se humilhado dessa forma!

Marco disse...

Oi Fran,

Sou um fã do trabalho do seu marido e encontrei seu blog por acaso em um post no blog dele.

Parabéns pelo blog, está bem legal e simpático.

Lamentáveis esses comentários "anônimos", eu também enfrento esse tipo de problema no meu site e no meu blog, é inevitável, tem sempre gente indo contra a evolução dos outros.
Acho que vale a pena dar uma olhada, se não me engano no blogspot tem uma função que desabilita comentários anônimos, apesar que da na mesma, sempre existiram pseudônimos.

Só aproveitando minha primeira (de muitas) visita, gostaria de convidá-la a ouvir o podcast que mantenho com alguns amigos, o QG Podcast, já cansei de convidar o Guilherme pra participar, mas ele nunca topa... rs... o link é www.qgnet.com.br

Um grande abraço tanto pra ti, quanto pro Guilherme, força sempre e não desanimem.

Abs, Marco.