segunda-feira, 24 de maio de 2010

I´m Lost! /o\




Olás! o/

Bom... hoje escreverei sobre algo que ainda está na boca do povo, e farei isso agora porque semana que vem esse assunto será esquecido por todo mundo (inclusive eu).

O final de Lost.

E se você tem asco, ojeriza e alergia extrema, onde pode morrer pela simples menção de SPOILER, passe longe daqui!

Não vou dar spoiler algum, já adianto, mas algo na minha escrita pode fazer com que você ligue os pontos e depois venha me ofender dizendo que não sei brincar.


O aviso foi dado.

O caso é que ia esperar até terça-feira pra assistir o desfecho da série que me prendeu e acompanhei por seis anos. Não vou dizer que fui uma expectadora do tipo que criou várias teorias, que vi a série mais de uma vez pra tentar entender algo ou rever o que tivesse passado batido.

Não mesmo.

Eu via e ficava curiosa, obvio! Mas não passava muito tempo pensando nisso não, tinha preguiça mental e confesso que desenvolvo uma certa irritação quando penso que um filme/série ou afins é uma coisa e no fim descubro que é outra. Meu mini Sherlock fica decepcionado durante dias, então poupo o pobrezinho disso. X3

Uma ressalva para: desde que assisti ao terceiro ou quarto capitulo da primeira temporada junto com o nosso amigo Sérgio Cantú, que me apresentou a série, comentei que achava que aquilo ali era um pós morte. Porém, acho que foi minha única teoria.

Enfim... não suportei a espera, tenho um lado que não gosta de surpresa. Surpresa é complexo, já que você pode gostar dela ou não... e pra não ficar nesse impasse, vi ao vivo, ontem mesmo pela net por um link que um site disponibilizou.

Antes de mais nada, desde a quarta temporada e já falava pro Gui que os roteiristas estavam respondendo uma questão e enfiando cinco no lugar, mas beleza... Tinha ainda algum tempo pra responderem...

Só que no final da quinta temporada, já olhava pra tv com cara de ‘ok, vai mesmo dar tempo de responder mais essas trocentas questões que vocês nos enfiaram córnea a dentro’?

Uhum, e com esse pensamento comecei a assistir o ùltimo capitulo via net, brigando com a peste do servidor que travava o vídeo a cada cinco minutos e me fazia quase sempre ter que reiniciar o firefox todo. Lindjo!

Papo vai, Locke vem... E fim.

Sim, foi isso, fim.

Um fim lindo, poético, emocionante (não, eu não chorei porque confesso que só me envolvi mais com os personagens da Juliet e do Sawyer). Mas foi um fim muito bonito e que de certa maneira, ainda que bem distante, tinha um pequeno detalhe que condizia com a minha primeira e única teoria.

No entando, e sempre que uma série/filme tem milhões de telespectadores teremos um ‘no entanto´, faltou algo. Na verdade, pra mim, faltou ‘algos’.

Faltaram respostas.

Nada contra os roteiristas não quererem responder todos os mistérios e dar um ar mais Twilight Zone para a parada, mas gente... só existiu UM Twilight Zone.

Começando por: Eles sempre disseram que não se basearam em nada, que a Ilha era o mito que eles criaram.

Ok, grande idéia, mesmo! Porém, até os mitos tem explicações – podem ser surreais e não fazer o menor sentido, mas tem.

A Ilha era a personagem protagonista da série: Uhum, mas então não conheci nada dessa personagem ai, pra mim ela é e sempre será um desconhecido e se não conheço nada, não me envolvo.

O que quero dizer, é: O FIM É LINDO! MAS NÃO PRECISAVA ENFIAR TANTAS QUESTÕES SE NÃO RESPONDERIAM.

Simples assim. Ou enfia o pé da jaca e faz uma parada surreal mesmo, acido puro, ou dê ao menos ao telespectador um motivo pra ficar seis anos esperando o final de uma série, que pelo ùltimo capitulo, poderia ter acabado na segunda ou terceira temporada...

Se gostei? Claro!

Mas que poderia ter durado menos, poderia.



***

9 comentários:

Xiko do Couto disse...

Acabei de ver O Fim. Vou te contar o que vi antes. 1ª temporada, 6 episódios da 2ª e enjoei. Comecei a ouvir Nerdcast e resolvi ver a 5ª, na Globo( de meus parabéns pro Gui, adorei o Sawyer dele) e baixei a 6ª, incluindo o episódio 0. Tendo esclarecido isso sentencio: NÃO ME ARREPENDO DE NÃO TER VISTO NENHUM EPISÓDIO. Concordo contigo. Gostei do fim, mas poderia ter só 3 temporadas em vez de 6 tranquilamente. Seria um final perfeito depois de 3 anos, não de 6, mas, como você, GOSTEI DO FIM( antes que me mandem à guilhotina). Quanto a Twilight Zone, agora tem DUAS. Zona do Crepúsculo, versão brasileira Teatro dos Bonecos v(^o^). Ótima postagem. Beijo.

Eduardo Montanari disse...

Apesar de achar também que faltaram respostas, não me decepcionei com o final, pois acho que os produtores não tinham a obrigação de explicar cada mínimo detalhe. Eu chorei muito com o final.
Também fiz um post sobre o final da série no meu blog. Passa lá pra dar uma lida e comente se assim desejares.

bm310780 disse...

Fran, não achei que o final condisse com a tua primeira e única teoria, uma vez que eles nunca estiveram mortos e que aquela realidade na ilha não era um pós-morte.

Bruno Sky disse...

Exatamente o q eu penso, Fran

Um fim mt bonito, mas não pra Lost!

Revoredo disse...

Só um pequeno comentário.

Concordo com o texto, também senti a mesma "frustração" que você. Mas gostei do final, no sentido que é bonito, bem feito, até emocionante, mas para a história da série, é totalmente desnecessário.

Mas o que eu gostaria de comentar, é que da forma como você escreveu, dá a entender que a ilha é mesmo um "pós-morte", e inclusive muitas pessoas estão achando isso.

A realidade paralela sim é um pós-morte, mas a história na ilha não, ela aconteceu de fato para os personagens.

Cassidy disse...

pra mim ficou uma cara de "ah termina essa porcaria de qualquer jeito mesmo e já era"

Sei lá, tão cheio de clichês, tão fora do que era Lost.

Pode até ser bonitinho, mas aquilo não era Lost nem a pau... hehehe

Não sou como a maioria que diz que perdeu 6 anos assistindo. acho q a série foi "duca" mas essa última temporada me deu asco... o final nem falo...

Fran Briggs disse...

Oi bm310780 e Revoredo! ^^

O que eu quis dizer é que de certa forma, havia a morte de todo mundo num dado momento da trama. Não que a Ilha era um lugar onde todos estavam mortos.

Da pra saber que não é isso, já que o pai do Jack fala pra ele com todas as palavras antes da cena final. : )

Não fui mais explicita na explicação do final, pois muita gente não tinha visto o episódio quando escrevi o post (segunda) e se brincar, muita gente ainda não viu nem na AXN. Por isso nem vou detalher muito.

No Spoiler X3

Kelly Face disse...

Aiii eu não vou ler, não posso. Eu ainda estou assistindo a 3ª temporada. hahahahahaha

Hachi disse...

Eu não assisti a serie toda, só a 1º temporada
e o resto só de spoilers
mas quando meu namorado foi ver o ultimo episódio eu fui ver só pra saber se tinha explicações que prestassem.
fiquei muito decepcionada, até pq foi o meu final esperado tbm. sem rodeios nem nada.
e eu achava que Lost seria aquela serie fodona e bem elaborada que prenderia a todos, mas pra mim ficou sendo apenas mais uma cagada que alguem pensou.
"Ah vamos fazer uma serie cheia de mistérios para o publico ficar curioso e assistir pra nos dar dinheiro?' e no final se tornou ... ' pow agente lançou tato misterio que agora não sabemos resolver, vamos deixar assim mesmo que os fãs nem vão ligar'
e meu namorado ainda veio me dizer que eu não gostei ou pq eu não entendi ou pq não assisti a serie..POW não entender aquele final só quem é bocó memu, e realmente.. não acompanhei a serie (e eu tinha vontade de acompanhar) mas agora com esse final xoxo, nem mais