quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Metrô, Cantoras de MPB e Cheiro de Banana...





Tem sempre algo que me tira do sério e o Joly Rouge tá aqui pra eu meter a boca. Então vamos lá pra mais uma sessão ‘Fran Chuta o Balde’.

Existem coisas, lugares, atitudes e por conseqüência pessoas, que simplesmente tem o dom de me deixar descabelando. Consegui me lembrar de algumas esses dias, hoje e certamente amanhã vou presenciar mais meia dúzia.

1 – Metrô do Rio de Janeiro:

Sério. Alguém me explica.

Sim, porque em 30 anos trabalhando nessa indústria vital é a primeira vez que me acontece chegar numa estação de metrô em plena 13:30 de uma quarta-feira e ver uma MULTIDÃO esperando o trem.

Eu sou de São Paulo e falo mermo que o metrô de lá é muito bom.  O supra sumo da minha ignorância infantil (e da competência do metro de lá) foi o fato d’eu achar, vendo os trens quando era criança que os vagões não tinham condutores! Sempre pontuais! Param no lugar certinho (você não tem que correr atrás da porta como já vi acontecer aqui no Rio com trens que param quase na metade da estação!!!). Essa estrutura do metro paulista me fez acreditar que aquilo era conduzido por um robô/computador/alienígena do planeta metróide.

O metrô do Rio também me deixa besta. Besta de ver um trem atrasar mais de 20 minutos! Parar no MEIO do túnel várias vezes... estações lotada em horários inimagináveis e meu Deus do céu!  Trens que vão pra DOIS DESTINOS DIFERENTES utilizando O MESMO TRILHO!!! O trem que vai pra Saens Peña divide espaço no trilho com o trem que vai pra Pavuna!

Senhor da Glória!

2 – Cantoras de MPB que cantam no masculino:

 Sim. Isso me irrita. Muito! Irrita mais que o jeito sem saco que a Cássia Eller cantava.

Por que o fato delas serem bissexuais automaticamente as transforma num ser portador de um pênis?

Por que raios a Marina Lima diz que a mina lá da música ‘precisa de um homem pra chamar de dela mesmo que esse homem seja ela (a Marina)’?

Oi? Ela precisa de um homem, você mesma acabou de falar, não de uma mulher que canta com voz projetada pra parecer machinho, sacou?

Cantar como se fosse um homem não dá a você colhões, não dá a ninguém. Seja bi, tri ou pan... mas isso não muda o fato de tu ter nascido garotinha lindinha do papai.

Estamos ouvindo sua voz e sabemos que é uma mulher, mesmo que não pratique a profissão, colega. Ainda que você se force inutilmente a parecer um homem enquanto canta.

3 – Pessoas que não incluem em seus dicionários a palavrinha mágica ‘acho’:

 Hoje em dia todo mundo fala tudo com toda certeza do mundo. Nunca cogitam a idéia de talvez, só talvez, não estarem assim tão certas.

‘Achar’ alguma coisa se transformou num sinal de fraqueza entre meus 20 e 30 anos... Dormi, acordei e no dia seguinte ‘achar’ era pra fracos. Pessoas inteligentes são aquelas que afirmam ou negam tudo.

Ok, então... diria que acho essas pessoas arrogantes, mas como sou muito inteligente, não acho nada. Sei que são.

4 – A maldita obra no apartamento do lado do meu:

 Jesus! Tem mais de quatro meses e isso não acaba. Hoje usaram um diacho de verniz com cheiro de banana. Ba-na-na. Simplesmente uma fruta que não me cai nas graças...
Podia ser sei lá, cheiro de manga, abacaxi ou pêssego, mas nããão, tem que ser banana.

Isso sem contar que às dez da manhã esses pedreiros atrasildos que eu tenho certeza que ganham por dia não é possível, fica numa bateção de prego/martelo/madeira/a cabeça dura deles na parede, e não me deixam dormir!!

Filhinhos... sou notígava! Dormir de manhã, entre dez e onze, é uma das razões pelas quais vivo!

Seria possível, por favor, terminarem essa obra? Tão pensando em se aposentar depois dela?

Arre! Falo mermo!

E depois dessa sessão de descarrego, vou comer frango assado com batata... que é uma das coisas que pode levantar meu humor. ¬¬#


***

4 comentários:

Dju S. disse...

MUITO BOM!! XD AUOAHUOAHAUOHUOA ri demais! Só não posso concordar com o metrô do Rio, porque nunca fui pra lá ><' mas os outros eu concordo plenamente! Hoje é a geração dos super-sabe-tudo, pedreiros barulhentos e sempre vai ter aquelas cantoras que esquecem que são mulheres -.-' fico indignada com isso também!
Texto ótimo!

Yunachan disse...

Pior que esses dias eu vi uma notícia mostrando que o metrô de São Paulo é tão pontual que eles atropelam animais que entram nos trilhos pra não atrasar o trem. Mas enfim né... o metrô do Rio é uma merda e ainda tem muuuuuito a melhorar pra chegar perto do de Sampa, isso não se discute. Quer dizer, não entre nós né, porque tem gente que defende o metrô Rio com a vida. ¬¬'''

E de quem foi a idéia de jerico de colocar os trems pra dois dstinos diferentes dividindo trilho?! Só piorou a zona que já tava...

E obra é uma das coisas que mais me tiram do sério ultimamente. Porque esse prédio onde vivo nunca pára de ter obras. Agora tem um figurão morando na cobertura, e os pedreiros chegam ÀS SEIS DA MANHà e começam a fazer esporro embaixo da minha janela. Teve um dia que passaram o dia todo cortando viga no pátio, eu quase fui à loucura. Que ódio... e tem mais de um ano que a obra tá rolando, daqui a pouco a gente olha e tem um Taj Mahal lá em cima ¬¬'''

Felix, the Belle disse...

A questão dos trens no Rio de Janeiro, pelo o que você descreveu, é realmente bizarra! Mas aí eu imediatamente penso na situação da minha cidade, Salvador, que tem bem uns 10 anos com um diabo de um projeto de metro que não sai nunca! nuncaaa! e o melhor! o metro sai de lugar nenhum indo pra porra nenhuma (desculpe os termos). Mas é aquela coisa, poderia ser pior! eehehehhehee
Quanto ao "achismo", acho q é natural da geração wikipedia, neh? todas informações, verdadeiras ou não, estão disponíveis, daí todo mundo sabe tudo! tsc tsc...paciência...

Gostei do seu blog! Parabéns!!!

David disse...

A ideia de utilizar o mesmo trilho não é ruim, o problema é que, depois que isso passou a acontecer, toda a logística do Metrô do Rio foi pra casa do carValho.

Além do que, é uma forma barata do governo mostrar para o povo (leia-se "fazer o povo de otário) que o transporte de massa carioca está evoluindo, já que, no projeto original do Metrô, a Linha 2 jamais utilizaria os trilhos da Linha 1.

Aliás, você sabia que os trens da Linha 4 do Metrô de São Paulo (essa que acabou de inaugurar) REALMENTE não têm maquinista?