quinta-feira, 28 de agosto de 2008

A Sacudidora de Palavras




Obrigada senhor!

Depois de ler Crepúsculo estava muito desesperada para ler um livro de qualidade antes que me tornasse mais um leitor carniçal descerebrado fã de Stephenie Meyer e sua aclamada (e duvidosa) obra...


...


O caso é que eu realmente não gosto de seguir moda e considero a unanimidade burra por vezes... por esse motivo, quando lia as criticas sobre o livro ‘A Menina Que Roubava Livros” de Markus Zusak tentava não me deixar influenciar por elas, até mesmo porque das ultimas vezes que me influenciei por criticas positivas não fui nada feliz.


Comecei, portanto, a ler a obra desse autor pelo não tão conhecido livro Eu Sou o Mensageiro (não tão conhecido como A Menina Que Roubava Livros, ao menos). Me surpreendi com a narrativa fluida, convincente, personagens carismáticos embora simples e a boa bela adaptação da editora Etrinsenca (que curiosamente é a mesma de Crepúsculo com sua adaptação sofrível).

Fiquei tão satisfeita com o Mensageiro que resolvi ler mais uma obra do mesmo autor, agora sim, uma escolha mais conhecida por muitos.


As primeiras páginas de a Menina me prenderam sem muito esforço, uma narrativa não tão complexa e por outro lado nada medíocre. A história é narrada pela Morte, mas vista pelos olhos de uma garotinha de dez anos que cresce em meio à Alemanha de Hitler.


Alguns dias um país feliz construído pelos momentos alegres e pelo amor de seu pai adotivo e pelas ralhas de sua mãe adotiva de boca suja e enorme coração.

Por disputas futebolísticas com seu primeiro amor e parceiro de ‘roubos’.


Noites assustadoras repletas de pesadelos e medo pela vida de seu amigo judeu oculto no porão de sua casa...

Ah! E o som maravilhoso e confortante do acordeão de seu pai... palavras pintadas a tinta na parede, enchendo a mente e o coração da pequena ladra... a Sacudidora de Palavras.

A biblioteca da mulher do prefeito e os livros.


Os livros roubados.


Eu simplesmente não via o tempo passar a cada capitulo, aliás, capítulos curtos, objetivos que não cansam o leitor.


Me emocionei com Liesel, a Roubadora de Livros, sofri com ela, sorri com ela.


E por fim, chorei com ela. Sim, porque eu chorei no final desse livro ao relembrar através dos olhos de uma criança todo o sofrimento e dor que o Nazismo causou em nas pessoas que viveram naquela época... desde judeus, triângulos roxos, poloneses a alemães não simpatizantes das forças do Fürher.


Eu não apenas recomendo esse livro a quem procura boa leitura e momentos que vão de felicidade a emoção, mas também a todo mundo que tem bom senso de escolher acumular em sua cabeça uma história que mostre mais que meia dúzia de criaturas ‘belas’ ou adolescentes babonas.


Mais que o superficial.


Ta dada à dica.


***

6 comentários:

Susi-chan disse...

Ola!
Gostei da dica literaria,vou tentar procurar na livraria daqui...
Pelo que diz, o livro e tipo...um romance?Com comedia,etc?
Como dica, eu digo que "Maus" e tambem um bom livro ^__^

Fran Briggs disse...

Oi Susi. ^^

O livro é uma espécie de drama... não chega a ser um dramalhão, sabe? ^^

E sobre Maus, é mto bom tb... tai outro que tb me fez chorar... ;_;

XD

MilaKin disse...

O Crepúsculo eu ainda não li, mas tenho curiosidade. Mas A Menina que Roubava Livros realmente é muito bom. Só fiquei triste pq o Rudy morre... =(

Yuna disse...

Realmente... um livro desse deve ter sido um colírio pros seus olhos depois do envenenado Crepúsculo né XD
É triste ver que um livro de tão má qualidade sendo tão ou mais famoso que um livro bom como A Menina...

Eu to curiosa mesmo é pra ler Eu Sou o Mensageiro XD pelo que você disse, parece ser um livro muito gostoso...


Gostei de você colocar suas críticas literárias aqui. Espero ver mais livros bons e menos livros ruins entrando na lista do seu blog eahuehuh

beijão!

abel disse...

Oi Fran!

Olha, a Paty (daqui) comprou esse livro faz pouco tempo... o.o Acho que vou dar uma lida quando der tempo. :3 Sobre Maus, eh bom demais!

Ah, obrigada pelo comment no blog! :3
Beijos ^^-

Caco disse...

Oie moça Fran! Saudades de vc!
Ó, tava vendo um blog que indicou esse outro e me lembrei de vc. Talvez tenha ali algumas dolls que vc ainda não tenha visto

http://freshpics.blogspot.com/2008/10/gothic-dolls.html

Bjaoo